17.1 C
Piçarras
domingo 14 de julho de 2024


Operação Travessia: Prefeitura de Barra Velha é alvo de operação do Gaeco e Geac

Ouça a Matéria

A Prefeitura de Barra Velha está sendo alvo, na manhã desta quarta-feira, 24, de operação de grupos especiais do Ministério Público de Santa Catarina (MPSC). Batizada por “Operação Travessia”, 8 mandados de prisão e 22 mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos em investigação pela suspeita dos crimes de organização criminosa, corrupção e fraudes em licitações de obras públicas.

Às 9h15, as equipes de investigação seguiam no Paço Municipal – Foto, Felipe Franco / JC

Há mandados também sendo cumpridos em Joinville. Os nomes das pessoas presas não foram informados pelo MPSC, uma vez que o processo corre inicialmente em segredo de justiça. Pelas fotos divulgadas pelo MPSC, armas, munições, celulares e grande quantia de dinheiro em espécie foram apreendidos pelas equipes. Em nota oficial, o órgão detalhou como o suposto esquema criminoso funcionava.

“As investigações, que tiveram início em fevereiro de 2023, apontam supostos crimes de corrupção, com participação de agentes públicos e empresários, na execução de obras públicas. Em contrapartida, é investigado o recebimento pelos agentes públicos de vantagens indevidas dos empresários contratados, às custas de aditivos em série e medições supervalorizadas”, detalhou o MPSC.

Material apreendido pelas equipes do Gaeco e Geac – Fotos, MPSC

Na nota oficial, o MPSC afirmou ainda que os “presos serão encaminhados ao Juízo para realização de audiência de custódia. A investigação ainda corre em segredo de justiça, por determinação legal, mas, assim que houver a publicidade dos autos, novas informações poderão ser divulgadas”.

Os fatos são investigados em procedimento investigatório criminal (PIC) em trâmite na Subprocuradoria Geral para Assuntos Jurídicos do MPSC, com apoio do Grupo Especial Anticorrupção (Geac), do Grupo de Atuação Especial de Combate às Organizações Criminosas (Gaeco) e da Promotoria de Justiça da Comarca. A deflagração contou com o apoio da Polícia Científica. As equipes chegaram por volta das 6h30 ao prédio da Prefeitura.

PREFEITURA SE MANIFESTA
Em nota oficial a Procuradoria Jurídica da Prefeitura afirmou que a “acompanhou as buscas na sede da prefeitura, está colaborando para todos os fatos sejam apurados da forma mais célere possível, valendo esclarecer. E informa ainda, que não teve acesso aos autos do processo”.

OS GRUPOS
O GAECO é uma força-tarefa que tem como finalidade a identificação, prevenção e repressão às organizações criminosas. É coordenada pelo MPSC e composta por integrantes da Polícias Militar, Civil e Rodoviária Federal, da Secretaria Estadual da Fazenda, do Corpo de Bombeiros Militar e da Secretaria de Estado de Administração Prisional e Socioeducativa. O GEAC é um grupo de membros do Ministério Público de Santa Catarina que atua em investigações e ação judiciais de combate à corrupção, cujos fatos revelem maior gravidade ou complexidade.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você