17.1 C
Piçarras
quarta-feira 17 de julho de 2024


Penha tem três praias pré-aprovadas para o Bandeira Azul 2024/2025

Ouça a Matéria

Bacia da Vovó, Praia da Saudade e Praia Grande, em Penha, estão entre os balneários pré-aprovados pelo Júri Nacional do Programa Bandeira Azul para receberam a certificação à Temporada 2024/2025. Após um ano fora do programa, a cidade volta a figurar na relação divulgada nesta segunda-feira, 17, e agora inicia as ações determinadas pelo programa para também aparecer a lista final, que será divulgada em 1º de novembro, após análise pelo Júri Internacional.

“Na verdade, na temporada passada a gente deu um, o que a gente chama aqui de freio de ajuste, para que a gente pudesse ter muito mais qualidade durante o período de certificação e ampliação também para outras praias. Então a gente já tem outras praias no projeto piloto, como a Praia Vermelha e a Praia do Cerco, ali no Poá. São duas que já estão aptas para o próximo ano”, pontua o secretário de Turismo, Cleber Neumann.

LEIA
Bandeira Azul pré-aprova novo setor e Balneário Piçarras poderá ter 85% da orla certificada

A Praia Grande caminha para sua quarta certificação, após hastear a azulada nas temporadas de 2020/2021, 2021/2022 e 2022/2023. A Bacia da Vovó ostentou a certificação em 2021/2022 e 2022/2023 e a Praia da Saudade em 2021/2022. Para obter a certificação, o Governo Municipal deverá cumprir com as prerrogativas do Programa e também espera incluir a participação de entidades para que a ação seja um ato contínuo.

“Envolver mais atores nesse processo, porque é uma ação que a gente quer que se torne permanente na cidade, independente de governo, então a gente precisa muito mais da participação das associações”, destaca Cleber, reforçando que “tem uma série de ações que a gente já está fazendo paralelo nas outras praias que já vão tornando-as aptas para estar recebendo certificação já no próximo ano e nos anos seguintes também. A gente já vai preparando toda a cidade. Padrão Bandeira Azul, que é a principal certificação de praias do mundo”.

Cleber acredita que os princípios que norteiam o Programa Bandeira Azul devem ser aplicados em toda a cidade. “Eu também sempre costumo dizer que toda essa parte de infraestrutura, educação, gestão ambiental, segurança com a instalação de postos guarda-vidas, ronda da Polícia e tudo mais, isso não se restringe só as praias que fazem parte do programa. A gente aqui da Secretaria de Turismo, paralelo às estruturas que a gente vai montando nas praias para serem certificadas a gente já está ampliando para outras praias”, finaliza.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você