17.8 C
Piçarras
sábado 25 de maio de 2024


Aquiles vence com 6.465 de diferença

Ouça a Matéria

Com uma diferença de 6.465 votos para o segundo colocado, Aquiles José Schneider da Costa (PMDB) venceu as eleições em Penha. Em sua segunda tentativa de assumir o posto máximo na escala administrativa municipal, Aquiles obteve 61,51% (9.925 votos) numa vitória formada pela aceitação popular em todas as urnas da cidade. Em entrevista ao Jornal do Comércio, o prefeito eleito anunciou que vai promover um “choque de gestão”. 

O segundo colocado, Júlio Cesar Duarte da Silva (DEM) fez 3.460 votos (21,44%). Na terceira posição, Felipe Rebello Schmidt somou 2.750 votos (17,04%). As principais vitórias do peemedebista aconteceram nos redutos eleitorais de Armação e Centro. Na Armação, Aquiles fez 2.937 votos, contra 1.219 de Júlio. No Centro, somou 3.133 votos diante de 1.102 do democrata. “Na política eu aprendi o seguinte: ou você convence, ou você é convencido […] O povo acreditou, acreditou na mudança e no nosso potencial de fazer. O resultado está nas urnas”, comemorou.

Questionado sobre quais seriam suas primeiras ações a partir de 1º de janeiro de 2017, Aquiles categorizou que vai promover o “choque de gestão. Primeiro reduzir os custos, os que são possíveis, fazer um planejamento de curto, médio e longo prazo para fazer a cidade se desenvolver dentro das nossas propostas”, respondeu. Atualização de planos municipais e maior opinião da comunidade estão entre os alvos iniciais.

Na visão do peemedebista, a necessidade inicial de Penha é a falta de infraestrutura e manutenção da cidade. “A prioridade, apontada inclusive em pesquisas que nós estávamos monitorando o tempo na pré-campanha e na campanha também, revela que 40% da sociedade de Penha elege como a prioridade número 1 a falta de infraestrutura na cidade. Ou seja, problemas com galerias fluviais, problemas de pavimentação, de acessibilidade e também – muito importante ressaltar – a falta de manutenção de ruas que já foram pavimentadas. Não é só pavimentar, é preciso dar manutenção, também”, pontuou ao JC.

Dentro de seu Plano de Governo e ideais próprios, Aquiles pontua a criação da Terceira Avenida como a sua grande obra de governo. “Nosso governo vai ficar marcado pela Terceira Avenida. Nós queremos zonear o crescimento urbano com a verticalização da cidade da Eugênio Krause para trás”, adiantou. Paralelo a isso, o prefeito eleito reforçou a necessidade de “vocacionar a cidade para o turismo”, por meio de ações estratégicas usando os recursos naturais e o parque Beto Carrero World. A formação de um distrito industrial às margens da BR-101 também foi citada como prioridade.

Como forma de manter a comunidade ativa nas decisões sobre o futuro dos investimentos públicos, Aquiles adiantou que irá aplicar a filosofia do Orçamento Comunitário. Segundo ele, uma fatia do orçamento municipal terá aplicação definida por meio de consulta pública. “Nós temos uma bandeira muito forte que é o orçamento comunitário, onde a própria comunidade vai decidir as ações de governo”.

Até o primeiro dia de 2017, Aquiles espera um processo de transição de governo tranquilo. Quer ter conhecimento da situação da máquina pública – contas, financiamentos, estrutura e patrimônio. “Até para não começar um governo com uma surpresa desagradável”, explicou. O atual prefeito, Evandro Eredes dos Navegantes (PSDB), já adiantou que irá realização a transição, fornecendo todos os dados à nova administração.

Aquiles, que tem como vice-prefeito, Lindomar Ezier Schulle Filho (PSC), encabeçou a coligação “Penha para Todos” (PMDB/PSC/PRB/PT/PTB/PR/PPS/PRP/PEN/SD/PROS). Perguntando sobre como manteria a governabilidade em associações às propostas apresentadas em campanha, Aquiles disse que “ninguém governa com a minoria. Foi muito mais saudável para nossa cidade, para o nosso povo, uma coligação forte que elegeu a maioria. Todos os partidos são formados por pessoas e as pessoas que estão conosco são pessoas que tem o compromisso com a cidade. Não existe conchavo político. Eu não acertei secretaria com ninguém”, finalizou.

Aquiles e Lindomar serão diplomados pela Justiça Eleitoral no dia 16 de dezembro de 2016, às 17h, no Salão do Tribunal do Júri do Fórum de Balneário Piçarras.

Foto por: Jornal do Comércio

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você