25 C
Piçarras
sábado 2 de dezembro de 2023


Valter vai para seu terceiro mandato

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.
Ouça a matéria

Valter Marino Zimmermann (DEM) volta à Prefeitura de Barra Velha. Passados oito anos de seus dois mandatos como prefeito – entre 2001 e 2008 – o político venceu seus três adversários nas urnas com 36,51% (6.351 votos) e adianta que seu primeiro desafio será “enxugar a máquina administrativa”. Fabio Roberto Brugnago (PSD) é o vice-prefeito.

Nas urnas, Valter venceu João Francisco Régis (PP), que somou 29,97% (5.040 votos). Em terceiro lugar ficou Douglas Elias da Costa (PR), com 25,68% (4.468 votos). Na terceira posição, com 0,98% (157 votos), terminou Valmor Becker. “Desde o início a gente tinha uma boa aceitação. Nossa rejeição era baixa”, comemorou o novo prefeito, em entrevista ao Jornal do Comércio. 

Em seu terceiro mandato, Valter afirmou que “uma das primeiras coisas que precisa ser feito é enxugar a máquina administrativa”. Acrescentou que uma reforma administrativa está nos seus planos e que não planeja reajustes tributários. “Apenas atualizar os imóveis não legalizados na Prefeitura”, completou.

“De início eu não vou nomear secretários, apenas diretores”, pontuou Valter, seguindo na linha de reduzir os gastos com folha salarial. Tal pensamento vem alicerçado na conjuntura econômica nacional, que aponta para uma redução de repasses financeiros aos municípios pela esfera estadual e nacional. “A política mudou muito, em todos os sentidos. A economia hoje está muito difícil”, explicou. 

Para Valter, a redução dos gastos com a folha devem favorecer a realização de obras públicas com recursos próprios. A área de saúde e educação devem ter atenção prioritária nos primeiros meses. Contudo, o prefeito adiantou que quer “lutar para terminar três obras importantes: um Hospital, a boca da barra da foz do Rio Itapocu e o tão sonhado Centro de Eventos”.

Antes de pensar em um processo de transição administrativa – ação que deve contar com colaboração do atual prefeito, Claudemir Matias (PSB) – Valter pretende percorrer toda a cidade, prédios públicos e verificar a situação dos postos de saúde, escolas e creches. “Foi isso que eu preguei em campanha e assim vai começar o meu trabalho”, categorizou.

Questionado sobre se a saída de Matias da disputa eleitoral teria influenciado no resultado final, Valter mostrou extrema confiança. “O eleitor queria derrotar ele (Matias) e como ele saiu da disputa, a eleição ficou mais solta, mais fácil”, respondeu de bate-pronto. “Na época (2001 a 2008) tinha muitas pessoas que queriam tomar o poder e essas pessoas chegaram ao governo e não deram conta de governar. Hoje, acredito que essas pessoas não vão mais me incomodar”, finalizou.

Foto por: Facebook

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você