21.1 C
Piçarras
quinta-feira 23 de maio de 2024


Vereador quer efetivação do Câmara Mirim

Ouça a Matéria

Aprovado no final do ano passado, o projeto de lei que cria a Câmara de Vereadores Mirins de Balneário Piçarras é assunto garantido na primeira sessão do Legislativo, nesta terça-feira, 8. O autor da ideia, Maurício Köche (PP), afirmou que irá solicitar a aplicação da lei e a primeira reunião com a Secretaria de Educação.
“Irei solicitar ao presidente para iniciarmos os trâmites de aplicação da Lei”, disse o progressista. Em sua essencial primordial, a Lei cria o programa ‘Vereador Mirim, a Câmara vai à Escola’, oportunizando aos jovens o conhecimento da política e sua importância para a cidade em que vivem.
Segundo Köche, que já vez uma breve análise, a Câmara Mirim seria composta por nove vereadores, totalizando um legislador para cada escola estadual, municipal e particular. “Temos oito escolas no município, então o Alexandre Guilherme Figueredo – por ser a maior escola da cidade – teria direito a dois vereadores”, afirma. A eleição teria que contar com o apoio da Secretaria de Educação.
O programa será implantado mediante a adesão das escolas e abrangerá de 5ª a 8ª séries do Ensino Fundamental já a partir do próximo. O pequeno vereador exercerá mandato de um ano, onde terá ajuda de custo, representada pelo fornecimento de material escolar no início do ano letivo, vale transporte e lanche quando comparecerem as visitas à Câmara. Os vereadores mirins podem apresentar moções e indicações sobre o que acham que precisa ser mudado na sua escola e na sua comunidade.
Os alunos terão ainda que elaborar atividades sobre a história política do município e da atualidade. No programa está incluso ainda a visita das turmas durante uma sessão da Câmara, onde posteriormente será realizado uma sessão Especial com os vereadores-mirins, para a diplomação dos eleitos e entrega de certificado de participação aos demais estudantes.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você