24.1 C
Piçarras
terça-feira 16 de abril de 2024


Barra Velha define as prioridades dos R$ 30 milhões do Plano 1000

Ouça a Matéria

O prefeito de Barra Velha, Douglas Elias da Costa (PL), assinou na segunda-feira, 7, o termo de adesão ao Plano 1000 – do Governo do Estado – ato que renderá ao município R$ 30 milhões para obras estruturantes durante os próximos cinco anos. Douglas adiantou que vai utilizar o valor na construção de um novo Pronto Atendimento 24 horas, de uma nova escola e em pavimentação asfáltica.

Os prefeitos foram recebidos pelo governador Carlos Moisés na Casa d’Agronômica, em Florianópolis, para a solenidade de adesão, firmada ainda – neste novo ato – com as prefeituras de Araquari, Caçador, Capinzal, Dionísio Cerqueira, Gaspar, Imbituba, Indaial, Itapema, Itapoá, Laguna, Orleans, Pomerode, Rio Negrinho, Seara, Tijucas, Urussanga e Xaxim.

“Hoje, nós temos aqui prefeitos das mais diferentes regiões e filiações partidárias. Não existe mais geografia das urnas. Todos receberão os recursos proporcionais à população do seu município. Isso significa tratar de maneira igualitária não apenas a classe política, mas a população de Santa Catarina. Esses valores serão usados em obras que planejem a Santa Catarina do futuro, com mais desenvolvimento e qualidade de vida”, disse o governador, Carlos Moisés (sem partido).

Com o Plano 1000, os municípios catarinenses receberão recursos equivalentes a R$ 1 mil por habitante, conforme a estimativa populacional do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE) para o ano de 2021. Segundo o chefe da Casa Civil, Eron Giordani, o Governo do Estado já está atuando para agilizar a avaliação dos projetos apresentados pelas prefeituras. O objetivo é fazer com que as obras e os desembolsos comecem da maneira mais rápida possível.

Os recursos serão liberados mediante aprovação dos projetos pelos técnicos do Governo do Estado. Eles devem contemplar obras estruturantes em áreas como infraestrutura, saúde, educação e desenvolvimento social e que impactem no desenvolvimento regional.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você