19.4 C
Piçarras
segunda-feira 22 de abril de 2024


Prefeito de Penha comenta arquivamento de projeto para reequipar Secretaria de Obras: “hipocrisia”

Ouça a Matéria

O prefeito de Penha, Aquiles da Costa (MDB), se manifestou na manhã desta terça-feira, 3, para lamentar a decisão parlamentar que sacramentou o arquivamento do projeto de lei para captação de empréstimo na ordem de R$ 6 milhões – para a aquisição de maquinário pesado à Secretaria de Obras. O gestor definiu a votação como um ato de “hipocrisia, um discurso demagogo”.

Sonora: Prefeito de Penha comenta arquivamento de projeto

“É um legislativo que se reúne todas as segundas-feiras para cobrar mais ações de infraestrutura da Secretaria de Obras e quando a gente manda um projeto de lei que vai beneficiar a Secretaria de Obras, para que ela possa estar fortalecida e por consequência disso avançar com obras de infraestrutura, eles vão lá e negam”, afirmou Aquiles.

“É um legislativo que se reúne todas as segundas-feiras para cobrar mais ações de infraestrutura da Secretaria de Obras e quando a gente manda um projeto de lei que vai beneficiar a Secretaria de Obras, para que ela possa estar fortalecida e por consequência disso avançar com obras de infraestrutura, eles vão lá e negam”

AQUILES DA COSTA

Para Aquiles, a decisão vai ao desencontro das semanais cobranças por manutenções viárias que são apresentadas no parlamento. “Então, quer dizer, de certa forma até é uma hipocrisia, um discurso demagogo e que a gente não concorda, a gente lamenta. Esses R$ 6 milhões iriam contribuir sobremaneira para comprar os equipamentos para que a gente pudesse efetivamente fazer as obras que a cidade precisa”.

LEIA AINDA:
6 a 5: Câmara segue parecer e arquiva projeto de lei para financiamento de R$ 6 milhões

Por 6 a 5, os vereadores seguiram o parecer técnico das Comissões Parlamentares – que recomendava a rejeição, sob argumento de ausência de documentos essenciais para maior transparência no processo de análise. O voto decisivo foi do presidente da Câmara, Adriano de Souza (PSDB), o Tibeco.

“Nesse momento, eu voto com o meu coração, voto a favor do parecer para que o projeto siga para arquivamento. Não sou contra o prefeito, não sou contra o Executivo, não quero o mal de ninguém…Mas, nesse momento, depois de tudo o que aconteceu com o Finisa, eu estou votando favorável ao parecer técnico”, afirmou o presidente do parlamento, alegando ainda falta de transparência com a aplicação do financiamento de R$ 50 milhões. Ele afirmou ainda que, desde a primeira gestão do atual prefeito, R$ 12 milhões foram gastos com contratação terceirizada de maquinários.

O pedido para autorização do novo empréstimo, buscava captar R$ 6 milhões – via Caixa ou Banco do Brasil, com garantia da União – para atualizar o maquinário sucateado da Secretaria de Obras. “Para comprar escavadeira hidráulica, caminhão, equipamentos para que a gente possa utilizar das nossas próprias pedreiras, que já estão licenciadas para o município, para fazer base de pavimentação de rua”, defendeu o prefeito.

1 COMENTÁRIO

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
6 a 5: Câmara segue parecer e arquiva projeto de lei para financiamento de R$ 6 milhões
6 meses atrás

[…] […]

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você