25 C
Piçarras
quinta-feira 29 de fevereiro de 2024


Região da Amfri ainda não atingiu a meta na Campanha de Vacinação contra a Poliomielite

Ouça a Matéria

Nenhum dos onze municípios da Foz do Rio Itajaí já atingiu a meta de 95% de imunização na Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite. Segundo dados da Regional de Saúde, até quarta-feira, 4, o município com o maior percentual era Luiz Alves (86,45%) e o de Navegantes o de menor alcance (43,54%). Balneário Piçarras vacinou 67,57% e Penha 66,42%. Todas as crianças de até 5 anos de idade devem ser vacinadas.

O esquema vacinal de poliomielite é composto, atualmente, por duas vacinas: a injetável aplicada em três doses aos dois, quatro e seis meses de vida da criança, e a vacina oral aplicada aos 15 meses e aos quatro anos. Nesta campanha, todas as crianças dessa faixa-etária terão a avaliação de sua situação vacinal para poliomielite. As maiores de um ano que estiverem com seus esquemas vacinais em dia receberão uma dose da vacina oral, a chamada dose D (indiscriminada). Para as crianças que estiverem com seus esquemas de vacinação de poliomielite em atraso, haverá a atualização.

Por conta da baixa adesão, Santa Catarina decidiu prorrogar a campanha. Agora, as unidades básicas de saúde estarão vacinando até o dia 13. “A vacina ainda é a forma mais segura e eficaz de prevenção de inúmeras doenças. Através da vacina já conseguimos eliminar do estado doenças como a poliomielite, o sarampo e não queremos que elas retornem, por isso a importância de manter a caderneta de vacinação atualizada”, enfatiza a gerente de imunização da Diretoria de Vigilância Epidemiológica de Santa Catarina (Dive), Lia Quaresma Coimbra.

O Brasil não detecta casos de poliomielite (paralisia infantil) desde 1990 e em 1994 recebeu da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) a Certificação de área livre de circulação do poliovírus selvagem do seu território. Em Santa Catarina, os últimos registros da doença foram em 1989.

Campanha de Multivacinação é para crianças e adolescentes

A atualização da caderneta de vacinação de crianças e adolescentes com menos de 15 anos também continua até o dia 13. Neste caso, não há uma meta numérica específica. O principal objetivo é conseguir resgatar crianças e jovens que, por algum motivo, deixaram de tomar as doses indicadas no Calendário Básico de Vacinação e, consequentemente, aumentar as coberturas vacinais, diminuir a incidência das doenças imunopreveníveis e contribuir para o controle, eliminação e/ou erradicação dessas doenças.

BOX

MUNICÍPIO                       META    APLICADAS        %

Luiz Alves                           657         568                        86,45%

Balneário Piçarras           1.113     752                        67,57%

Penha                                  1.489     989                        66,42%

Porto Belo                          977         635                        64,99%

Ilhota                                   692         444                        64,16%

Balneário Camboriú       5.269     3.348                     63,54%

Itapema                              2.716     1.487                     54,75%

Bombinhas                        909         475                        52,26%

Camboriú                           4.489     2.289                     50,99%

Itajaí                                     11.276   5.501                     48,79%

Navegantes                       4.233     1.843                     43,54%

 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você