23.1 C
Piçarras
terça-feira 18 de junho de 2024


Grupo de Controle do Tabagismo da Secretaria de Saúde de Penha tem inscrições abertas

“O tabagismo está fortemente associação à ansiedade e por isso a importância de toda a equipe multidisciplinar, para entender e auxiliar caso por caso”

Ouça a Matéria

Você quer parar de fumar? A Secretaria de Saúde de Penha está com vagas abertas para a primeira turma do Grupo de Controle do Tabagismo, que inicia no dia 3 de maio, às 17h30, no auditório da Policlínica Municipal. Os interessados devem procurar a Unidade Básica de Saúde mais próxima até o dia 1º de maio para realizar a sua inscrição. O Programa de Penha faz parte do Programa Nacional de Controle do Tabagismo, do Ministério da Saúde.

“O tabagismo é reconhecido como uma doença crônica, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco, por isso, a necessidade do acompanhamento de toda uma equipe para que a pessoa ganhe significativo ganhos em saúde”

DAIANE MASSAROLLI

A coordenadora da atenção básica da Prefeitura de Penha, Daiane Massaroli, explica que o grupo possui uma equipe multidisciplinar para dar todo o suporte necessário para quem precisa: “além do médico e do enfermeiro, teremos uma equipe multidisciplinar para acompanhar o grupo, como psicóloga, farmacêutico, nutricionista e fisioterapeuta. O tabagismo é reconhecido como uma doença crônica, pela Organização Mundial da Saúde (OMS), causada pela dependência à nicotina presente nos produtos à base de tabaco, por isso, a necessidade do acompanhamento de toda uma equipe para que a pessoa ganhe significativo ganhos em saúde, em qualidade de vida”.

O Secretário de Saúde, Rodrigo Medeiros, destaca que durante o tratamento o paciente recebe todas as orientações dos profissionais, além da utilização de medicamentos como bupropiona e adesivo de nicotina, que são inclusos no tratamento de forma gradual.

“O tabagismo está fortemente associação à ansiedade e por isso a importância de toda a equipe multidisciplinar, para entender e auxiliar caso por caso. Percebemos o aumento de usuários nos últimos anos devido ao isolamento social imposto pela pandemia mundial de coronavírus. Nosso trabalho agora é oferecer meios e mecanismos para recuperação da qualidade de vida e do estilo de vida saudável”, finaliza.

Além da equipe multidisciplinar, o grupo conta com o reforço da auriculoterapia, especialidade da acupuntura – considerada pela OMS como uma terapia de microssistema – que busca minimizar os efeitos da abstinência no corpo do paciente.

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você