14 C
Piçarras
quarta-feira 29 de maio de 2024


Encenação de Páscoa emociona público no Centro de Penha

Ouça a Matéria

A realidade das cenas e as entonações vocais afinadas impressionaram as mais de três mil pessoas que assistiram à encenação musical da história cristã da Páscoa com o tema ‘Paixão de Cristo’. O oratório aconteceu na noite da sexta-feira santa, dia 2, no Centro de Penha, levou alguns expectadores às lagrimas. A Secretaria da Educação – idealizadora do evento – espera incluir o evento no calendário festivo.
Com cenários dinâmicos e interativos, os artistas e cantores encenaram as principais partes da história pascal diante de um público que surpreendeu os organizadores. A peça musical é de autoria do maestro José Acácio Santana, mas foi interpretada pelo Coral Municipal Professora Laci Simão Corrêa, sob a batuta do maestro Nilson Dilo de Souza.
“Foi algo incrível. O grande número de pessoas deu ainda mais ênfase ao espetáculo”, comemora Marcos Henrique Wagner, um dos coordenadores do setor de Cultura da Secretaria de Educação. O momento mais comovente do espetáculo foi o momento da crucificação de Jesus, marcando um dos dez atos da peça. “O peso da cruz e a interpretação dos atores levou algumas pessoas às lagrimas”, salienta Marcos.
Além da cena da crucificação de Jesus, interpretada por Roberto Leite, o departamento de Cultura destaca as representações de Marizete da Costa, no papel de Verônica secando o rosto de Jesus; Marlise Carraro, que foi Maria e Estevão Leite como Pilatos. “Foram apresentações de destaque e que merecem de uma lembrança extra”, conta Marcos. “No entanto, nossos agradecimentos são a todos que participaram da peça”, completa.
A beleza do oratório foi garantida pela interação do público. “Os personagens passeavam pelo meio das pessoas. Foi algo diferente e que não estava previsto”, revela o secretário de Educação, Misael Cordeiro, que também gravou toda a peça. Um DVD será criado com os melhores trechos e deve ser incluso no material de divulgação de Penha.
A encenação começou em frente a EEB Manoel Henrique de Assis, seguindo para o Paço Municipal. Da Prefeitura, o ator que interpretou Jesus carregou a cruz até a Igreja Matriz, onde foi crucificado. Em silêncio, a população acompanhou a procissão e mostrou agradecimento com uma forte salva de palmas ao final da peça.
 

Foto por: Cleiton Reinert | Giro Urbano

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você