18.9 C
Piçarras
segunda-feira 22 de abril de 2024


Prefeitura faz poda de vegetação no Rio Itajuba

Ouça a Matéria

Começou semana passada a ser podada parte da vegetação de restinga em alguns trechos do Rio Itajuba. A ação é o resultado da última reunião entre a Prefeitura Municipal e a Fundação Municipal de Meio Ambiente (Fundema) com a Associação Comunitária de Desenvolvimento de Itajuba (ACDI). Os trabalhos fazem parte de um projeto de recuperação do rio como atrativo turístico e paisagístico do município, que sofre com a poluição devido o aumento gradativo de ligações de esgoto irregulares.
O presidente da Fundema, Marcelo Metelski, autorizou durante 30 dias a retirada de parte da mata nativa, protegida por lei, a pedido da comunidade representada na associação. Também foi feita uma limpeza do leito do rio, onde é comum encontrar lixo, entulhos e até móveis velhos.
Os trabalhos estão sendo executados pela Secretaria de Obras e já tem melhorado as condições de escoamento do rio.
De acordo com o presidente da Fundema, a licença é exclusiva para a poda, visando garantir a retirada dos galhos que já caíam sobre o leito do rio e a região de mangue, impedindo o escoamento das águas. De acordo com o secretário de Obras, Lourival Matias Francisco, a previsão para concluir os trabalhos nos pontos principais é de 30 dias. O primeiro trecho, já limpo, é superior a dois quilômetros.

Poluição
Um dos principais problemas que colocam em perigo hoje as condições de balneabilidade do rio Itajuba são: o grande número de esgotos irregulares despejados nas suas águas; as invasões de terrenos nas margens e a erosão das encostas por causa do desmatamento irregular.
Diante da falta de fiscalização municipal, a própria associação fará o monitoramento do rio para denunciar domicílios que estejam invadindo as encostas, consideradas Área de Preservação Permanente e qualquer outra irregularidade.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você