29.3 C
Piçarras
sexta-feira 1 de março de 2024


Bajara é nomeado superintendente da Fundação Municipal de Cultura

Ouça a Matéria

Desde março deste ano, a Prefeitura de Penha possui em seu organograma administrativo a Fundação Municipal de Cultura. Na última terça-feira, dia 23, foi nomeado como Superintendente, o Professor Eduardo João de Souza, que já estava à frente das ações culturais da Prefeitura desde 2017.

A Fundação Cultural foi criada com objetivo de garantir e ampliar no setor. “A identidade de um povo se faz através da sua história e sua cultura. Por isso era fundamental a criação da Fundação Municipal de Cultura, que também vai apoiar os artistas e promover a arte local”, explica o prefeito Aquiles da Costa. Penha era um dos poucos, senão o único município da região da Amfri, que ainda não tinha sua própria Fundação Cultural.

Para ele Bajara, a Fundação é a consolidação de um trabalho de valorização da cultura local. “Ter nossa própria Fundação de Cultura permitirá ações de convênios com as esferas estadual e federal, além de empresas privadas”, explica Bajara. “E agora também podemos realizar ações de criação de editais voltados à manutenção e divulgação da Cultura local, recuperação de prédios antigos, tombamentos pela municipalidade, incentivos aos grupos já existentes e criação de projetos voltados à valorização e reconhecimento das pessoas que vivem e pensam Cultura no nosso município”, adiciona.

A principal ênfase deste início de Fundação de Cultura em Penha está sendo na sua consolidação. “Já estamos devidamente instalados (na Rua Prefeito José João Batista n° 465 – Centro), fizemos o registro de CNPJ, o registro institucional e a instauração do Fundo Municipal”, conta o Superintendente, que encontrou com a pandemia da covid-19 mais uma demanda que agora está sendo tratada como prioridade: “Nessa época de Pandemia, estamos elaborando um plano emergencial de atividades para seguir as restrições e recolocar o setor cultural na ativa. É um plano de várias mãos, precisa ser cauteloso e ao mesmo tempo contemplar o setor afetado pela situação”, explica.

 

REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
REDAÇÃO, JORNAL DO COMÉRCIO
Desde 1989 informando a comunidade. Edição impressa semanal sempre aos sábados.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você