19.9 C
Piçarras
segunda-feira 22 de abril de 2024


Polícia Civil de Barra Velha investiga morte em casa noturna

O delegado, Procópio Neto, afirmou que o “crime está em investigação”, assegurando o sigilo de dados complementares para não atrapalhar o andamento das apurações

Ouça a Matéria

A Polícia Civil de Santa Catarina investiga o assassinato de Diego Djonatan Pereira (33 anos) – morto na madrugada deste domingo, 13, dentro de uma casa de shows no bairro São Cristóvão, em Barra Velha. Ele foi enterrado na manhã desta segunda-feira, 14, no Cemitério Municipal de Barra Velha.

O delegado, Procópio Neto, afirmou que o “crime está em investigação”, assegurando o sigilo de dados complementares para não atrapalhar o andamento das apurações. Uma amiga da vítima – que estava no local – relatou aos policiais militares ter vistos “três homens saindo do banheiro, mas, não soube dar maiores detalhes”.

Diego era natural de Rio do Campo (SC), não tinha esposa ou filhos

O crime ocorreu entre 2h10 e 2h30, segundo relatos do proprietário da casa aos policiais militares – que deram o primeiro aporte ao crime. Diego foi encontrado morto “no chão do banheiro com um disparo de arma de fogo na região da cabeça”. O estampido do disparo gerou correria entre os frequentadores da casa.

O proprietário “salientou que não foi visto ninguém em atitude suspeita que pudesse ser o possível autor do disparo, mas que há uma câmera no guichê que filma a entrada e saída dos clientes. Acrescentou que não houve nenhum tipo de discussão ou briga no dia de hoje no estabelecimento”, relata nota oficial da corporação barra-velhense.

As câmeras de monitoramento foram acessadas pelos policiais militares. “Salienta-se que a guarnição tentou visualizar as gravações das câmeras do estabelecimento, mas, como o sistema de filmagem era bem precário, não foi encontrada nenhuma imagem que pudesse esclarecer a autoria do ocorrido”, completa a nota.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você