23.1 C
Piçarras
terça-feira 18 de junho de 2024


Empresário é assaltado e persegue os criminosos

Ouça a Matéria

Uma leve contusão no mindinho da mão direita não revela o risco que o empresário e vereador, Julio Cesar Teixeira, correu na noite de terça-feira, 14. Após ter seu estabelecimento assaltado por dois bandidos, o empresário os perseguiu, foi alvo de disparos e acabou atropelando a dupla, que terminou presa. “Peço desculpas à população por ter colocado todos em risco”, pondera Júlio.
Alisson Ferreia (20 anos) e Rodrigo José Tomaz (22) anunciaram o assalto por volta das 18h10. Com uma arma calibre 38 nas mãos, os assaltantes levaram a quantia de R$ 680 do estabelecimento. Ao notarem que seriam perseguidos, disparam contra o local. Ninguém se feriu. “Eu sei da besteira que eu fiz. Meu conselho é que ninguém repita este ato”, afirma o empresário. O dinheiro foi recuperado. “Se fosse R$ 10 eu iria atrás e iria novamente”, completa.
Na fuga, que percorreu quase todo o bairro Santo Antônio, os ladrões colidiram contra um veículo nas proximidades da Rua Carolina Baltt. Perdendo o controle da motocicleta, Júlio acabou os atropelando. “Conversávamos com os policiais pelo telefone para informar aonde os assaltantes estavam”, lembra. Caído, um dos assaltantes atirou contra o carro do empresário. “Quando ele me apontou a arma me veio à cabeça o caso do Albano, que também foi assaltado e perseguiu os ladrões”, lembra Júlio, referindo-se a um assalto em que outro empresário não levou tanta sorte, mas sobreviveu.
“Se ele (Júlio) fosse mais alto, teria sido acertado na cabeça”, garante o policial civil, Marcelo Rebelo. No chão e já sem munição, os bandidos foram imobilizados por populares e presos pela Polícia Militar. “Nós, a sociedade de bem, precisamos fazer algo. São eles que devem ter medo”, salienta o empresário, pedindo protestos pacíficos de fomento a uma sociedade de paz.
Presos na cadeia de Balneário Piçarras, a dupla também é suspeita de praticar uma série de outros furtos, que não foram registrados na Delegacia. Agora, passado o susto do episódio, Júlio teme pela segurança. “A minha preocupação é com uma possível retaliação. Quero saber como devo fazer para evitar isso?”, indaga.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você