25 C
Piçarras
quinta-feira 29 de fevereiro de 2024


Prefeito afirma que vereador não está filiado e pede troca da suplência; parlamentar garante situação regular

Ouça a Matéria

O prefeito de Penha, Aquiles da Costa, afirmou na tribuna da Câmara de Vereadores, na sessão do dia 22 – a primeira do último quadriênio – que o suplente Eduardo Bueno (Cidadania) ocupa ilegalmente a cadeira do vereador licenciado, João Antônio Costa (Cidadania), o Barriga. O gestor disse que o parlamentar não está filiado ao partido e por isso não pode ocupar temporiamente a vaga. Duda Bueno, como é conhecido, afirmou que segue no partido e que os dados do sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) ainda não foram atualizados.

“Espero que tão breve possível a gente tenha uma mulher nesse nosso plenário […] É muito triste de onze não ter uma mulher. […] Já que o Barriga está ausentado e quem ocupa o espaço hoje ocupa de maneira ilegítima já que não é filiado ao partido uma vez que abriu mão de estar filiado. Inclusive tem publicado aí nas redes sociais para quem quiser ver quando ele anunciou”, afirmou Aquiles, citando a segunda suplente do Cidadania, Jane Santana Maciel Lugogo, e que nas eleições de 2020 somou 203 votos.

A fala de Aquiles tem por base uma Certidão de Filiação Partidária emitida pelo TSE, em que pontua que Eduardo Bueno não está filiado a um partido político – situação exigida pela legislação eleitoral para que qualquer candidato eleito seja investido no cargo eletivo. O documento em questão é datado de 22 de janeiro, às 20h19, emitido via site. “Esse parlamentar é que tenta aí ocupar um espaço de uma mulher que deveria estar sentada aqui”, acrescentou o gestor.

Ao Jornal do Comércio, Duda Bueno disse que realmente havia saído do partido, mas que regressou tempo depois. “Me desfiliei em 2022 e me filiei novamente em maio do ano passado, 4 meses antes de assumir.  A executiva estadual já reconheceu minha filiação”, disse ele, que tomou posse em setembro do ano passado assim que Barriga oficializou seu afastamento para tratamento de saúde.

Sobre a certidão partidária, Duda rebateu que a situação se trata apenas de uma desatualização do sistema do TSE. “Aparece dessa forma pelo fato de o TSE ainda não ter feito a recepção do arquivo, que ocorre sempre em abril e outubro. Mas, para o Cidadania estadual eu estou filiado”, garantiu o detentor de 216 votos, situação que o colocou na primeira suplência do partido.

Eduardo Bueno esteve junto do governo Aquiles desde janeiro de 2017. Durante o período, esteve como secretário de Gestor de Águas, Controladoria, Governo, Administração e Fazenda. Um dos nomes mais fiéis do prefeito até então, anunciou seu distanciamento do Governo em agosto do ano passado. Desde então, a relação entre eles foi de absoluto afastamento, chegando ao estágio de enfrentamento.

Ao final de seu discurso, Aquiles afirmou que o parlamento utiliza de um “discurso revestido de moral e de ética para cobrar isso e aquilo mas que estão surrupiando dinheiro público”. Quando teve direito à fala, Duda rebateu na mesma moeda: “É uma pessoa que está abalada emocionalmente, e eu tenho certeza que na minha porta o Gaeco não vai bater, mas tem gente que é bom começar a ficar atento, porque nos próximos dias as coisas vão começar a andar nessa cidade”.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você