27 C
Piçarras
segunda-feira 26 de fevereiro de 2024


Tainha se manifesta após renunciar ao cargo de prefeito de Barra Velha

Ouça a Matéria

O vice-prefeito de Barra Velha, Eduardo Peres (Republicanos), o Tainha, se pronunciou oficialmente sobre a decisão de renunciar ao cargo temporário de prefeito – diante da decisão do desembargador Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJSC), José Everaldo Silva, que determinou a suspensão de Douglas Elias da Costa (PL) do cargo pelo prazo de 180 dias. “Eu não ia conseguir atender as expectativas criadas”, disse.

LEIA:
URGENTE: Desembargador determina imediata suspensão de Douglas da Costa (PL) do cargo de prefeito de Barra Velha

“Essa semana, não só eu como vocês também, fomos surpreendidos com o afastamento do prefeito. Fui notificado judicialmente para iniciar os trabalhos, mas vendo ali a gravidade da situação que se encontrava, o município, a gestão, eu e mais o meu grupo de trabalho decidimos renunciar. Tendo em vista que eu não ia conseguir atender as expectativas criadas, as expectativas que a população espera em mim, eu mais o meu grupo de trabalho decidimos renunciar”, pontuou ele, em vídeo postado em suas redes sociais.

Ele afirmou ainda que a decisão vai ao encontro de seu afastamento de Douglas, oficializado em julho passado. Tainha pontuou desconhecer por completo a situação da gestão e que por isso não irá assumir. “Como vocês todos sabem, desde o início do governo eu não tive uma participação muito efetiva na gestão – tendo em vista que em junho do ano passado eu fiz um vídeo me desvinculando da gestão”, reforço ele.

Afirmou ainda que está na situação de pré-candidato a prefeito nas eleições de outubro: “O Tainha é pré-candidato a prefeito sim. As pessoas entenderam que há pouco tempo, não há tempo hábil (para gestão), porque daqui a pouco nós estamos com numa campanha eleitora, então eu não ia conseguir atender às necessidades”. Apesar de seu pronunciamento, uma série de seguidores o criticaram.

Com sua decisão, o presidente da Câmara de Vereadores – sucessor natural na ordem hierárquica – Daniel Pontes (PSD) foi empossado na noite de sexta-feira, 26, como prefeito temporário. Na Câmara, Nivaldo José Ramos (União Brasil) assume a presidência. Para o lugar de Daniel, o suplente Cleber Antônio dos Santos (PSD), será acionado para ocupar a nona cadeira no Legislativo.

1 COMENTÁRIO

1 Comentário
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
trackback
Prefeito interino de Barra Velha confirma mudanças no alto escalão
25 dias atrás

[…] foi empossado prefeito interino após a renúncia do vice-prefeito eleito em 2020, Eduardo Peres (Republicanos), decisão refutada por muitos […]

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você