28.4 C
Piçarras
sábado 24 de fevereiro de 2024


Balneário Piçarras tem paciente de 32 anos com suspeita de Covid-19

Ouça a Matéria

Um paciente de 32 anos, morador de Balneário Piçarras, está sendo monitorado com suspeita de Covid-19, a doença causada pelo coronavírus. Em consulta no Pronto Atendimento 24h, ele se queixou de falta de ar constante, sendo que no exame de raio-x foi localizado manchas em seu pulmão. Hoje (1º de abril), ele fará um exame de tomografia.

O exame de tomografia deve fornecer informações mais profundas sobre a situação do sistema respiratório do paciente. A Secretaria de Saúde de Balneário Piçarras espera que o resultado do exame seja revelado até a próxima sexta-feira, 3. O paciente está sendo medicado e em isolamento domiciliar absoluto.

Essa é a oitava suspeita da doença no município de Balneário Piçarras. Todas as sete demais foram descartadas. Um boletim da situação local foi publicado pela Secretaria de Saúde na manhã desta quarta-feira, 1º de abril, em que aponta ainda que 23 pacientes estão em monitoramento. Essa classificação é atribuída a pacientes com sintomas leves e baixa suspeita.

Os sintomas mais comuns da doença entre os pacientes hospitalizados foram febre, tosse e falta de ar. Dores musculares e de cabeça, bem como confusão mental, irritação na garganta e desconforto no peito também foram observados.

PERFIL DOS CASOS

A faixa etária de pessoas entre 30 e 39 anos tem o maior número de casos confirmados de Covid-19 em Santa Catarina, com 25,1% do total. O dado faz parte de um perfil epidemiológico dos infectados montado pela Secretaria de Estado da Saúde e divulgado pelo governador Carlos Moisés nesta terça-feira, 31. Neste boletim o total de casos em SC chegou a 235, com 22 deles em leitos de UTI.

O mais jovem internado em terapia intensiva tem 32 anos, enquanto o mais velho tem 83 anos. A maior parte dos pacientes em UTI possui entre 50 e 69 anos. “Não existe uma faixa etária exclusiva de pessoas que demandam tratamento em leitos de UTI. Temos casos de pessoas com 32 anos necessitando desse tipo de auxílio. Diante de tudo isso, a recomendação do Governo do Estado é que todos permaneçam em casa, para evitar que um maior número de pessoas se contamine em um curto período de tempo”, disse o governador.

O secretário de Estado da Saúde, Helton de Souza Zeferino, reforça que o vírus pode atingir pessoas de todas as idades. Segundo ele, mesmo aquelas sem histórico de doenças crônicas, estão suscetíveis. “Ninguém está imune à Covid-19. Quando o crescimento começa a acontecer, ele é muito agudo e o que ocorre é a fala de capacidade operacional no sistema de saúde. Hoje são pouco mais de 230 pacientes, mas daqui um tempo poderemos estar questionando quais famílias não tiveram nenhum caso registrado”, afirmou o secretário.

Foto por: Internet

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você