20.3 C
Piçarras
segunda-feira 20 de maio de 2024


Presidente da Câmara apresenta chapa oficial

Ouça a Matéria

Como anunciado, o presidente da Câmara de Vereadores, Oscar Francisco Pedroso (PMDB), apresentou sua chapa a reeleição do Poder Legislativo. Ao seu lado, Ademar de Oliveira (PSDB), concorre como vice-presidente da chapa, que tem ainda Maurino da Cunha (PSDB), primeiro secretário, e Gercino Medeiros (PP), segundo secretário. O anuncio oficial foi feito durante a sessão ordinária da Câmara, terça-feira, 5.
Para ser aceita, a chapa precisa ganhar cinco votos no dia 7 de dezembro, data da eleição. “Lamentavelmente não couberam todos. Mas o convite foi estendido a todos os vereadores. Quase deu uma chapa de tríplice aliança”, disse o presidente, referindo-se ao PMDB, PSDB e DEM, caso Flávio Tironi tivesse integrado a composição. Contudo, semanas atrás, Tironi deixou público seu desinteresse em não participar da chapa, opinião que repetiu na terça-feira, 5.
“Será um fato inédito. Convido a todos para verem a vitória… a derrota”, afirmou em plenário o atual presidente, citando a reeleição somente permitida através de uma mudança no Regimento Interno da Câmara de Vereadores. “Lamentável a oposição ter de engolir, como assim já ouvi, o Tampa outra vez”, já prevendo vitória.
O apoio de Ademar de Oliveira foi questionado pelo democrata, Flávio Tironi. Tironi disse que Ademar deveria ter consultado as bases políticas antes de apoiar o peemedebista. “Eu fico surpreso com essa composição. Os partidos não foram consultados para formar essa chapa”, falou Tironi. “Todos nós precisamos da legenda do partido para se eleger, pois não atingimos os mil votos. Por isso acho que o partido deve ser consultado”, completou.
Ademar não gostou e rebateu com veemência, causando um posterior mal estar entre as lideranças do PMDB e DEM. “Esse negócio de ter dono é para a época dos fazendeiros. Naquela época não se resolvia nada com diálogo nem como democracia. Era resolvido na bala”, respondeu. “Nós estamos em outros tempos. Hoje o vereador precisa ter opinião própria, saber o que é certo e errado”, acrescentou.
Uma nova chapa pode ser protocolizada pelos demais vereadores até quinze dias úteis antes da eleição. Contudo, a conjuntura política dos demais vereadores não favorece a criação de uma chapa. Ivo Álvaro Fleith (PSDB), Flávio Tironi (DEM), Maurício Köche (PP), Julio Cesar Teixeira (PP) e Manoel Binhotti (PMDB) ficaram de fora da chapa de Tampa. Os próprios discursos da noite confirmaram chapa única.
 

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você