18.1 C
Piçarras
segunda-feira 27 de maio de 2024


Leonel Martins não confirma presença na eleição, mas PSDB terá candidato

Ouça a Matéria

O ex-prefeito de Balneário Piçarras, Leonel José Martins (PSDB), ainda não decidiu se irá disputar a eleição municipal para o principal cargo. Natural pré-candidato a prefeito, ele afirma que o partido possui ainda outros três nomes – dos vereadores Adriana Linhares, João Bento Moraes e Terezinha Pinto – e categoriza que a decisão será tomada em consenso com o partido e também com seus familiares.

“Eu acho que eu dei a minha contribuição durante um longo período, né? Eu sou muito favorável à renovação, eu acho que na política deve haver renovação. O PSDB está pronto para lançar também candidato, mas não necessariamente tem que ser o nome do Leonel. Eu fico muito feliz de ser lembrado, mas vai depender de uma análise muito profunda. Junto da minha, juntamente com a minha família”, afirmou o Martins, nas suas três gestões: 2005/2008, 2013/2016 e 2017/2020. Em 2001/2004, esteve como vice.

Ele reforçou que o partido possui ainda outros três nomes naturais na situação de pré-candidatos à prefeito: as vereadoras Adriana Linhares e Terezinha Elizete Pinto e do vereador João Bento Moraes. “O PSDB tem pré-candidatos à prefeitura. Nós temos três bons vereadores, está surgindo também o meu nome, mas o lançamento dessa candidatura está completamente aberto. O PSDB é democrático e não existe imposição de quem será o candidato nesse momento”, categorizou.

Martins reforçou que o PSDB não descarta coligações, mas que buscará manter independência e protagonismo para encabeçar futuras chapas. “O PSDB, com certeza, se houver uma coligação com outros partidos, ele vai ter uma postura de independência, ele quer governar Balneário Piçarras, o PSDB não é de fazer oposição por oposição. O PSDB tem planejamento para um governo de Balneário Piçarras, o PSDB é socialdemocrata, ele primeiro gosta de ouvir a população para fazer o que a cidade necessita”, cravou.

Recentemente, estiveram à mesa os presidentes do PL, PSDB, PSD, PP e Republicanos. Uma grande coligação foi discutida, porém, nada ainda foi acertado. “Eu não tenho participado de conversações extrapartidárias. Nós temos hoje a nossa presidente, a vereadora Terezinha, e a ela cabe participar e conversar com todos os partidos que estiverem abertos e que tenham um foco, um objetivo, o desenvolvimento de Balneário Piçarras”, frisou.

Questionado sobre como observa a atual gestão – que já tem confirmado o nome de Tiago Baltt (MDB) como pré-candidato à reeleição – Leonel disse possuir “um olhar muito diferente do atual governo”.  Ele manteve o discurso de priorizar setores como Educação e Saúde, classificando como essenciais para uma futura inversão na ordem dos investimentos prioritários em uma gestão.

“O meu olhar é, em primeiro lugar, é para a educação, no segundo momento, para a saúde pública do município. Nós somos um município com uma população muito grande, numa faixa salarial baixa e, num terceiro lugar, eu tenho a segurança pública e, em seguida, em quarto, a infraestrutura urbana. Eu não sou um governo de calçamento de ruas, nem de obras de vulto que aparece população. A minha obra principal é educação, saúde, segurança pública e, em seguida, infraestrutura urbana. Porque eu entendo que educação é a base fundamental de uma sociedade”, descreveu Martins.

Por fim, voltou a citar ter “uma visão completamente diferente da atual gestão. A minha visão de Balneário Piçarras para continuar o desenvolvimento é essa. Às vezes eu fico um pouco ressentido, porque eu acho que governar, você governa para o município, você não governa para partido. E nós não temos uma sequência de governos que continue as obras do seu governo antecessor. Essas obras são interrompidas, novos projetos são elaborados, mas não de acordo com o interesse da cidade, mas sim com interesses próprios, particulares. Isso acaba fazendo a cidade regredir”.

Confira também
as seguintes matérias recomendads para você